PERDEU O INCÊNDIO? TACA FOGO!

A região de Aceguá, na fronteira do Rio Grande com o Uruguai, é conhecida por concentrar sofisticados haras para a criação de cavalos Puro Sangue Inglês, a raça mais tradicional nos hipódromos.  Animais que valem milhões são tratados como jóias raras em estábulos elegantes cheios de regalias e confortos que muita gente nunca vai ter.

Um destes lugares hospedava um garanhão de propriedade da família Marinho, dona da Rede Globo. Até que um incêndio nas requintadas baias acabou matando o animal cotado a peso de ouro.

A Globo solicitou que a TV Gaúcha (ainda não era RBSTV) enviasse uma equipe de Porto Alegre para registrar o ocorrido, a 400 km da capital.

Havia dúvidas na editoria local sobre a relevância daquele fato como notícia nacional, o que alimentou a hipótese que corria pelos bastidores de que o pedido tinha a ver com questões de seguro do valioso cavalo campeão.

Como previsto, ao chegar no haras a equipe encontrou apenas os escombros, que nem fumegavam mais. Ainda não havia sido feito o trabalho de rescaldo.

O cinegrafista, veterano consagrado e conhecido pela sua obstinação xiita em garantir as  imagens que precisava, olhou para aquele cenário desolador sem nenhuma labareda para mostrar, pensou na solicitação da Vênus Platinada e tomou a decisão: não voltaria sem um bom registro.

Resoluto, juntou algumas palhas e pedaços de madeira, sacou o isqueiro e ateou fogo novamente no que havia sobrado do estábulo.

Missão cumprida.